Reajuste Salarial é Pauta da Reunião com Servidores Municipais Nesta Última Sexta-feira

0
0

O Prefeito Fradique Gurita realizou na noite desta última sexta-feira 01, uma reunião no Centro Pastoral João Paulo II, que contou com a presença dos servidores públicos municipais da Prefeitura de Campina Verde. A reunião teve como objetivo apresentar uma proposta de reajuste salarial aos servidores, que estão sem reajuste a mais de 10 anos.

Durante a reunião o prefeito esclareceu os motivos que levaram o não reajuste nos anos de 2017 e 2018. De acordo com Fradique, a falte de repasses do Governo de Estado nesses anos comprometeram as finanças da prefeitura, e diante dessa situação o Município ficou sem condições financeiras de realizar o tão merecido reajuste salarial aos servidores municipais.

Porém com a normalidade dos pagamentos em 2019, e o acordo assinado pelo Governador Romeu Zema (Novo), que garante o pagamento dos vencimentos atrasados aos municípios a partir de janeiro de 2020 e a possível aprovação pelo legislativo municipal do projeto de lei 032/2019 que traz em seu texto, a viabilização de recursos com fins de investir em melhorias na infra estrutura no Município de Campina Verde, será possível conceder de imediato um reajuste de 3% ainda este ano, e mais 5% para o ano que vem aos servidores.

O prefeito explicou que o projeto de lei faz parte do programa de Financiamento à Infra estrutura e ao Saneamento (FINISA) da Caixa Econômica Federal, onde disponibiliza recursos aos municípios para que os mesmos possam garantir melhorias nas áreas de maior necessidade, com isso o Município deixará de usar recursos próprios para fazer pavimentação, recapeamento, iluminação pública, desapropriar áreas para a habitação, construção de pontes, mata burros entre outros setores de responsabilidade da prefeitura, para sim, garantir o reajuste aos servidores municipais.

Fradique salientou ainda que caso o projeto de lei não seja aprovado pelo legislativo, o setor de finanças da prefeitura terá que encontrar outra forma de conceder o reajuste, uma vez a arrecadação municipal é baixa e os gastos para manter o Município em dia são altos. O projeto de lei entrou na pauta de reunião da Câmara Municipal nesta segunda-feira dia 04, porém foi solicitado vista para novas avaliações pelos legisladores.

Por William Batista.

Fotos William Batista.